MAPA DO SITE ACESSIBILIDADE ALTO CONTRASTE
Departamento de Engenharia de Transportes
CEFET-MG

Apresentação

Como o próprio CEFET-MG, o Departamento de Engenharia de Transportes passou por diferentes denominações ao longo de sua história, cujo início oficial se deu no ano de 1951, ano este que marcou o início de uma década pós-guerra mundial, de elevada importância para o planejamento estratégico do desenvolvimento socioeconômico do Estado de Minas Gerais e do Brasil. A criação do curso Técnico de Pontes e Estradas na Escola Técnica Federal de Belo Horizonte teve como objetivo atender a necessidade da época relacionada à ocupação territorial, integração e desenvolvimento econômico social, em âmbito regional, estadual e nacional. Para atendimento desta demanda, a curto e médio prazo, era necessário a implantação de vias terrestres: implantação de rodovias, manutenção e ampliação das ferrovias; bem como, exigia melhorias e ampliação das hidrovias e a implantação da infraestrutura aeroportuária. Com isso, verifica-se a importância da existência de um departamento acadêmico na área de transportes numa instituição federal de formação profissional.

A partir da formatura da primeira turma em 1954, os formandos Técnicos em Construção de Pontes e Estradas, mais tarde, Técnicos em Estradas, se projetaram no mercado de trabalho, e contribuiram para o desenvolvimento nacional, participando na implantação e manutenção de: rodovias, dutovias, aeroportos, ferrovias, extração e transporte de minérios, construções de barragens e usinas hidrelétricas, linhas de transmissão e de distribuição de energia, minerodutos, gasodutos, ampliação de cidades, conjuntos habitacionais, vias vicinais, na instalação de parques, distritos e galpões industriais, acompanhamento dos processos industriais com aparelhos óticos mecânicos de topografia, dentre outras contribuições técnicas e científicas. A partir de 1999, com proatividade, criatividade, ineditismo e assertividade, atendendo às demandas do setor, o Departamento de Engenharia de Transportes, oferta o curso Técnico em Transportes e Trânsito, e os alunos formados neste curso contribuem na implantação, organização, operação e gestão dos sistemas de transportes, de trânsito e de logística, nas empresas, instituições e órgãos que atuam nas cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte, de Minas Gerais e do Brasil.

Em 1999 foi elaborada a primeira versão do Projeto de Engenharia de Transportes. Naquele momento a Coordenação de Transportes já percebia a importância de um engenheiro preocupado com a infraestrutura do sistema viário, da gestão dos transportes e da mobilidade urbana. No ano de 2009, o Projeto Político Pedagógico foi reestruturado e reapresentado, tendo sua aprovação em 2012.

Em linhas gerais, o curso de Engenharia de Transportes tem como objetivo formar profissionais com habilidades técnicas que contribuam para dotar o país de infraestrutura viária adequada, garantir a operação efetiva e segura dos transportes de pessoas e bens, buscando somar esforços para a promoção do desenvolvimento humano e socioeconômico, conduzindo à integração das atividades humanas. Com relação à atuação do Engenheiro de Transportes, objetiva-se formar profissionais aptos a atuar no mercado de trabalho, considerando-se as áreas: (i) planejamento de transportes; e (ii) infraestrutura de transportes.