MAPA DO SITE ACESSIBILIDADE ALTO CONTRASTE
Departamento de Engenharia de Transportes
CEFET-MG

Estágio

O Estágio está previsto na Lei Nº. 11.788/2008. Trata-se de um ato educativo escolar, supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, visando à aquisição de competências profissionais. Faz parte do Projeto Pedagógico dos cursos como uma disciplina que integra o itinerário formativo dos alunos do CEFET-MG.

O Estágio Curricular Obrigatório (ECO) pode ser realizado sob a forma de:

  • estágio;
  • emprego;
  • atividades de extensão ou pesquisa autorizadas e supervisionadas pela Coordenação do Curso;
  • atividades de monitoria ou equivalentes, autorizadas e supervisionadas pela Coordenação do Curso.

 

Inscrição no ECO – Alunos da Educação Profissional e Tecnológica

 

Para se inscrever no ECO, o estudante deverá estar regularmente matriculado na Instituição.

No ato da inscrição, o aluno deverá entregar o formulário de inscrição no Estágio (Controle I), devidamente preenchido, bem como os seguintes documentos, considerando-se a forma de execução do ECO:

I – Estágio:
a) Três vias do Termo de Compromisso de Estágio assinadas pela instituição concedente e pelo aluno;
b) Programa de Atividades do ECO (Controle II) preenchido, assinado e carimbado pela concedente;

II – Estágio, com interveniência de Agente de Integração:
a) Quatro vias do Termo de Compromisso de Estágio assinadas pela instituição concedente, pelo aluno e pelo Agente de Integração;
b) Programa de Atividades do ECO (Controle II) preenchido, assinado e carimbado pela concedente;

III – Emprego:
a) Original e cópia da Carteira de Trabalho ou documento similar, que comprove o vínculo empregatício;
b) Três vias de Termo de Compromisso (modelo especial para aluno empregado) assinadas pelo empregador e pelo aluno;
c) Programa de Atividades do ECO (Controle II) preenchido, assinado e carimbado pelo empregador;

IV – Atividade de Extensão ou Pesquisa:
a) Contrato ou declaração do coordenador da atividade, atestando a participação do estudante na condição de aluno do CEFET-MG;
b) Cópia assinada e carimbada do projeto de extensão ou pesquisa ao qual estará vinculado o aluno, atestando as atividades propostas;
c) Autorização da Coordenação do Curso, em formulário próprio do Setor de Estágio, para aproveitamento da atividade para fins de acompanhamento do ECO;

V – Atividade de Monitoria ou equivalente:
a) Contrato ou declaração do coordenador da atividade, atestando a participação do estudante na condição de aluno do CEFET-MG;
b) Cópia assinada e carimbada do programa de monitoria ou equivalente ao qual estará vinculado o aluno, atestando as atividades propostas;
c) Autorização da Coordenação do Curso, em formulário próprio do Setor de Estágio, para aproveitamento da atividade para fins de acompanhamento do ECO;

 

Processo de Acompanhamento do ECO – Alunos da Educação Profissional e Tecnológica

 

O procedimento de acompanhamento e avaliação do Estágio Curricular Obrigatório dos cursos técnicos, adotado pelo CEFET-MG, prevê que o aluno deverá:

  • Participar da 1ª e 2ª Reuniões de Avaliação do Estágio (R.A.E.);
  • Entregar o Relatório Técnico Final;
  • Participar do Seminário de Conclusão dos Cursos Técnicos da Educação Profissional e Tecnológica (SECLEPT).

Na 1ª R.A.E., o professor orientador definirá se o ECO possui validade para fins de certificação no curso técnico, considerando:

I – o programa de atividades do ECO apresentado;
II – as atividades efetivamente cumpridas pelo aluno no ECO;
III – a avaliação do ECO feita pelo aluno;
IV – a avaliação do aluno, feita por seu supervisor, segundo a forma do ECO;
V – as condições técnicas da concedente ou empregador, segundo a forma do ECO.

A aprendizagem técnica do aluno durante o ECO será avaliada na 2ª R.A.E. e através do Relatório Técnico ou da Apresentação escrita da Pesquisa Técnica.

Os vídeos desenvolvidos pelo Professor Luiz Rosas, da Coordenação de Eletrônica, descrevem estas etapas:

Orientações Gerais
Primeira R.A.E.
Segunda R.A.E.